Onda de calor deixa 80 mortos e lota hospitais no Japão


População se protege do sol em Tóquio (Foto: Reprodução/ Terra)

A sufocante onda de calor úmido que atinge o Japão deixou 80 mortos e já levou cerca de 35.000 pessoas para os hospitais nas últimas três semanas – de acordo com números oficiais divulgados nesta terça-feira (24).

A semana passada, quando as temperaturas passaram dos 35ºC à sombra em muitos lugares, foi a mais letal, com 65 mortos, segundo a Agência de Gestão de Incêndios e Desastres. Duas semanas antes, 15 pessoas já haviam morrido também em decorrência do calor.

Com temperaturas de entre 35ºC e 40°C à sombra e uma umidade de mais de 80%, várias cidades japonesas mostram uma combinação letal.

"Estamos registrando calores sem precedentes em várias regiões", disse, em entrevista coletiva na segunda à noite, Motoaki Takekawa, da Agência Meteorológica.

Esta onda de calor "é fatal, e nós a consideramos um desastre natural", acrescentou.

Terra



Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário