Chapecoense vai pagar R$ 60 mil aos pais de jogador morto em acidente


Montante corresponde a indenização por danos morais à família de Dener Assunção Braz; clube responde a outros 17 processos semelhantes (Foto: Reprodução)

A Chapecoense fechou o primeiro acordo trabalhista relacionado às famílias das vítimas do acidente aéreo que deixou 71 mortos em novembro de 2016, segundo informação divulgada pelo Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina (TRT-SC) nesta segunda-feira (7).

O clube vai pagar R$ 60 mil em indenização por danos morais aos pais do jogador Dener Assunção Braz, morto na queda do avião. O casal alegou que o atleta, que morreu aos 25 anos, ajudava no sustento da família. Este é o primeiro acordo do tipo em Santa Catarina.

O pagamento deverá ser feito em 10 parcelas mensais aos pais do jogador, até janeiro de 2019. O TRT-SC informou, ainda, que há outros 17 processos do mesmo tipo em tramitação no Estado.

Procurada pelo G1, a Chapecoense informou que não vai se manifestar sobre o assunto.

 

noticiasaominuto

 

 


Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário