Prefeitura faz propostas e pede fim da greve dos Agentes de Endemias

Acrescentar em mais 20% o percentual de insalubridades dos Agentes de Controle de Endemias, ficando em 40%, de acordo com laudo pericial; permanência das horas extras referente ao trabalho realizado aos sábados; compromisso em não descontar e nem repor os dias parados, condicionado ao retorno imediato das atividades; e por último, a garantia do reajuste do Piso Nacional, quando este for reajustado pela União.

Essas são as propostas da Prefeitura de Várzea Alegre que visam encerrar a greve dos Agentes de Endemias do município.

As propostas foram formatadas numa reunião nesta tarde de terça-feira, 14, no gabinete da Prefeitura de Várzea Alegre com os representantes do município, Adriana Suaid, chefe de Gabinete, Fernando Fernandes, da secretaria municipal de Saúde e com o representante dos servidores públicos municipais, Erivaldo Abrahão (Erialdo Abrahão), presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais - SSPMVA.

Segundo Adriana Suaid, as propostas foram apresentadas ao sindicalista após debates, em resposta às reivindicações da categoria, e levando em consideração a crise econômica, que deixa o município em situação financeira de dificuldades. Também foi ouvido o setor financeira da Prefeitura.

Essas propostas agora deverão ser apresentadas à Câmara de vereadores para a devida apreciação dos parlamentares.

O prefeito da cidade, Vanderlei Freire (PSD), disse que o trabalho de todos os profissionais é importante, assim como é sumamente importante a função dos Agentes de Endemias, e que, mesmo com tantas dificuldades, o município tem aberto as portas para o diálogo tentando atender as reivindicações das categorias, que as vezes não é possível devido à crise.

Os Agentes de Endemias de Várzea Alegre entrarem em greve no dia 25 de maio, por tempo indeterminado. Os profissionais são responsáveis pelo controle de endemias e mais precisamente no combate ao aedes aegypti, mosquito que transmite dengue, zika e Chikungunya.

A pauta de reivindicação da categoria é reposição salarial de 11,27% e correção do adicional de insalubridade em 40%.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura

Livre de vírus. www.avast.com.
Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário