Com vestido de R$ 30 mil, modelo transex vence o Miss Brasil Trans

A modelo Náthalie Oliveira venceu na noite da última segunda-feira, 14, o concurso "Miss Brasil Transex 2015", realizado no clube Casa das Beiras, no bairro da Praça da Bandeira, na Zona Norte do Rio. Além da faixa e da coroa, Náthalie levou para casa um prêmio em dinheiro no valor de R$ 15 mil e uma viagem para a Tailândia, onde concorrerá ao "Miss Mundo Transex" representando o Brasil.

Para o concurso, a jovem modelo - que concorreu ao título por três vezes consecutivas e mora no interior do Rio de Janeiro - embolsou cerca de R$ 30 mil somente na confecção do seu traje de gala: "O vestido foi complicado de conseguir. Minha cidade não tem estrutura para preparar uma miss. Encomendei o vestido de outra cidade e chegou a tempo. O preço foi babado mesmo. Ele é todo de strass e bordado a mão".

Segundo Náthalie, o vestido dourado e reluzente, chegou a ser um desafio para ela durante o desfile, pesando em torno de 7kg:

"Teve alguns momentos que eu me atrapalhei, acho que precisava fazer alguns ajustes. mas graças a Deus saiu tudo perfeito e o resultado final ficou muito lindo, muito bom", explicou logo após ser eleita como miss.

Organizando e produzindo o concurso desde a sua primeira edição, a também travesti Majorie Marchi comentou sobre o critério usado pelos jurados: "O nosso objetivo aqui não eleger a mais bonita e sim a mais bem preparada para representar o nosso país lá fora. Queremos o melhor produto e não o melhor vestido, a melhor joia. A beleza aqui é pouco."

Ego

Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário