Operário de engenho exibe órgãos genitais para mulher e é morto pelo marido dela em Barbalha


Corpo de "Manoelzinho" foi encontrado esta manhã em Barbalha (Foto: Reprodução/Redes sociais)

O cadáver de um homem foi encontrado por volta das 7 horas desta sexta-feira no Engenho de João Sampaio que funciona no Sítio Venha Ver em Barbalha apresentando uma perfuração à faca no tórax. Identificado apenas pelo apelido de "Manoelzinho", ele trabalhava no local e vestia apenas uma blusa de mangas compridas listrada nas cores preta e branca. O mesmo estava descalço, com as pernas bastante ensanguentadas e sinais de espancamento.

No final da manhã o crime foi elucidado com a prisão do acusado pelo Soldado Mateus do Piauí e o Inspetor Darlan, que residem na localidade. Francisco de Souza, de 58 anos, apelidado por "Bufita" é réu confesso e trabalha no engenho de Antonio Sampaio, que fica próximo. Ele disse que a vítima tinha exibido o pênis para sua esposa quando foi ao encontro do mesmo o qual estaria armado com uma faca e travaram luta corporal. "Bufita" acrescentou ter tomado a arma de "Manoelzinho" e o matou.

Este foi o primeiro homicídio do mês de setembro em Barbalha e o décimo de 2017 no município, onde 14 pessoas tombaram mortas no decorrer do ano passado. O último deste ano tinha sido no dia 5 de agosto vitimando o jovem Emerson Cavalcante, de 27 anos, que residia na Rua da Ajuda, 735 no bairro Alto da Alegria. Ele foi morto a tiros a caminho de sua casa e tinha passagens pela polícia por crimes de violência doméstica e receptação.



Por Demontier Tenório
Miséria.com.br


Livre de vírus. www.avast.com.
Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário