Eventual denúncia contra Temer será analisada de forma rápida, diz Maia


Declaração foi dada durante fórum de economia, realizado nesta segunda-feira (4), em São Paulo (Foto: Divulgação)

Enquanto o Planalto vive a expectativa de que uma segunda denúncia contra o presidente Michel Temer seja apresentada pela Procuradoria-geral da República, nos próximos dias, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que, caso isso ocorra, a análise do processo pelo Legislativo deve ocorrer de forma "rápida".

"Parece que haverá uma segunda denúncia contra o presidente da República e nós que cumprimos os prazos regulamentares devemos, claro, analisar com todo o respeito e analisar de forma rápida para que a gente possa olhar no horizonte essa agenda de mudanças que o Brasil tanto precisa", afirmou.

Maia, que ocupa a Presidência durante viagem de Temer à China, participou, nesta segunda-feira (4), de fórum sobre economia promovido pela revista Exame, na cidade de São Paulo.

O chefe do Ministério Público Federal (MPF), Rodrigo Janot, fica no cargo até o próximo dia 17, quando será substituído por Raquel Dodge. Até lá, deve denunciar Michel Temer por obstrução de justiça e formação de organização criminosa.

Para tanto, conforme o portal G1, ele aguarda somente a homologação da delação de Lúcio Funaro, pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Isso porque os depoimentos do operador financeiro devem constar na nova denúncia.

Temer já foi acusado anteriormente, de corrupção passiva, mas conseguiu evitar o prosseguimento da investigação, durante votação no plenário da Câmara, no dia 2 de agosto.

 

noticiasaominuto

Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário