Leitores reclamam de lentidão no atendimento na UPA de Juazeiro do Norte


(Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

Pacientes que necessitaram dos serviços da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Juazeiro do Norte na noite desta segunda-feira (31), enfrentaram dificuldades e encontraram o local superlotado. As reclamações partiram de quatro leitores do Site Miséria que precisaram de atendimento médico na noite de ontem.

A principal queixa é da demora para o atendimento na UPA. Uma das pacientes destacou que a entrada do seu namorado - que a acompanhava durante uma crise de enxaqueca - foi vetada já na recepção do local. "O vigia me disse que já tinha muita gente lá dentro, e pediu que meu namorado esperasse do lado de fora", conta a paciente. 

Ela disse ainda que chegou na unidade por volta das 21h, esperou para ser atendida até às 23h30 e voltou para casa. De acordo com a moça, o seu quadro requeria urgência, mas a todo instante pessoas aparentemente que haviam sofrido acidentes graves chegavam tinham atendimento prioritário.

A assessoria da Unidade de Pronto Atendimento informou que a noite desta segunda-fira foi uma situação atípica na rotina do local. Foi informado que a meta de atendimentos diários na UPA é de 327 pacientes, mas que no dia indicado pelos pacientes a demanda foi de 477 pessoas atendidas, o que gerou lentidão. 

Ainda segundo a assessoria, a equipe médica estava completa na ocasião. Estavam de plantão três médicos no ambulatório, um na sala amarela e 1 na pediatria.

Colabore com nossa reportagem.
Ligue para 9 8113-2019 ou entre em contato via Whatsapp pelo 9 9695-6349 para sugerir pautas ou fazer sua denúncia.



Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Miséria.com.br

Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário