Após corte de vagas em Barbalha, Argemiro manda recado para opositores


Argemiro manda recado para opositores após corte de vagas no Programa Primeiro Passo (Foto: Guto Vital/Agência Miséria)

O desgaste de prefeito de Barbalha Argemiro Sampaio (PSDB) com o Governo do Estado ganhou mais um capítulo essa semana. Durante uma transmissão ao vivo no Facebook nesta terça-feira, (1), Argemiro desabafou indignação com o governo após o corte para contratação de estágios para jovens no Programa Primeiro Passo.

Barbalha havia sido contemplada com 80 vagas à disposição da prefeitura. A seleção, porém, só foi efetuada em 40, após o anúncio de que a outra metade seria destinada ao Sindicato dos Rurais, aliado a Camilo Santana. A situação se agravou quando a Secretaria de Trabalho do Governo anunciou o cancelamento das vagas destinadas à prefeitura, deixando "órfãos" os jovens que já haviam sido aprovados na seleção curricular. 

Declarações fortes como "não dá pra ser parceiro de quem quer picuinha" e "Barbalha não é uma arena de MMA" foram usadas por Argemiro após acusar o governo do estado de ter cortado as vagas por "simples politicagem". Na avaliação do gestor, "Barbalha está sendo ferida pelo governo e isso não vai ficar assim". A retomada das 40 vagas serão pleiteadas na justiça, finalizou.



Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Miséria.com.br

Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário