Junho terminou com 33 assassinatos no Cariri e a violência é 1,07% maior que o ano passado



Fellype foi assassinado em Lavras da Mangabeira; Rhayan em Crato; Francisco em Jardim e Ednaldo em Brejo Santo (Foto: Reprodução/Redes sociais)

No sexto mês do ano 33 pessoas foram assassinadas na região do Cariri, sendo quatro mulheres e os números representam 6,96% do total de 474 homicídios no mês de junho em todo o Ceará. Em nível de Cariri foi 1,1 pessoa por dia, enquanto a média cearense se situou na faixa de 15,8 a cada dia. No Ceará, a quantidade de assassinatos aumentou de 471 em maio para 474 no mês passado ou três a mais.

Em nossa região, houve um crescimento da ordem de 3,03% entre maio quando 30 pessoas tombaram mortas e junho com 33 homicídios no Cariri. Já em junho de 2016 tivemos 38 assassinatos ou cinco a mais no comparativo com o sexto mês deste ano. Na comparação entre o ano passado (184) e este ano (186) a diferença é de dois homicídios ou 1,07% a mais. Em todo o Ceará foram 2.299 assassinatos este ano com uma participação de 8,09% do Cariri. 

De um total de 29 municípios caririenses em nove deles ocorreram homicídios no último mês de junho. Já dos 33 assassinatos do mês passado no Cariri, Juazeiro respondeu por 15 ou 45% sozinha. Os demais foram em Crato (06); Brejo Santo, Campos Sales, Jardim, Lavras da mangabeira e Salitre com dois cada e os demais em Barbalha e Milagres. Eis abaixo o comportamento mês a mês neste ano:

JANEIRO – 349 homicídios no Ceará (33 no Cariri ou 9,45%)

FEVEREIRO – 269 homicídios no Ceará (27 no Cariri ou 10%)

MARÇO – 358 homicídios no Ceará (34 no Cariri ou 9,49%)

ABRIL – 378 homicídios no Ceará (29 no Cariri ou 7,67%)

MAIO – 471 homicídios no Ceará (30 no Cariri ou 6,36%)

JUNHO – 474 homicídios no Ceará (33 no Cariri ou 6,96%)



Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário