Fora da Copa do Brasil, Palmeiras vai viver tensão pela Libertadores


Consciente da importância da Libertadores para o Palmeiras, o técnico Cuca vai levar o elenco para Atibaia (Foto:Divulgação)

O Palmeiras vai ter duas semanas tensas pela frente após ser eliminado na Copa do Brasil, nesta quarta-feira (27), pelo Cruzeiro.

Todas as atenções do time alviverde, após o empate no Mineirão em 1 a 1 pelo jogo de volta das quartas de final do torneio -a ida, em São Paulo, foi 3 a 3, se voltam agora para a Libertadores.

Após investimento maciço da patrocinadora Crefisa no time campeão brasileiro de 2016, a torcida espera por um título internacional.

O único triunfo do Palmeiras na Libertadores, com "São Marcos" no gol e Alex na armação das jogadas, ocorreu há quase 20 anos, em 1999.

A partida que vale a temporada de 2017 será disputado em casa, no Allianz Parque, contra o Barcelona de Guayaquil em 9 de agosto.

No jogo de ida, no Equador, os comandados por Cuca perderam por 1 a 0 e agora precisam ganhar por dois ou mais gols para ficarem direto com a vaga.

A programação inicial do Palmeiras mirava também o bicampeonato brasileiro. Mas a distância de 14 pontos entre ele, quinto colocado, e o líder Corinthians, deixa a conquista do título distante.

A pressão sobre a Libertadores também está alta por causa do investimento altíssimo que o clube fez para este ano, com a ajuda da parceria da financeira Crefisa.

O time alviverde foi o que mais investiu entre os grandes clubes do país. Muito na frente dos segundos colocados. Flamengo e São Paulo gastaram por volta de R$ 40 milhões em contratações.

O Palmeiras, desde a virada do ano, investiu R$ 115 milhões na montagem do elenco. Deste total, R$ 32,8 milhões para comprar o atacante colombiano Borja, que nesta quarta-feira (26), atuando como titular, mais uma vez participou pouco do jogo.

A favor do atacante o fato de que a bola pouco chegou a ele em boas condições para a finalização. Nervoso, Borja sumiu entre os defensores do time mineiro.

A partida desta quarta, assim como ocorreu em outros jogos do campeonato brasileiro, como contra o Flamengo, no Rio, mostra que a dificuldade de armação de jogadas é um dos problemas recorrentes no Palmeiras.

O sistema de marcação feito pelo Cruzeiro, dirigido por Mano Menezes, impediu que o time alviverde entrasse na área adversária e ameaçasse o gol defendido por Fábio.

O gol de Keno, aos 25 min do segundo tempo, saiu de um chute de fora da área, que contou com o desvio do zagueiro para ir às redes.

O placar de 1 a 0 dava a classificação para o Palmeiras, mas Diogo Barbosa, aos 40 min, empatou e garantiu a vaga para o time da casa.

Consciente da importância da Libertadores para o Palmeiras, o técnico Cuca vai levar o elenco para Atibaia.

A partir de segunda (31), os titulares vão ficar concentrados na cidade até as vésperas da partida pela Libertadores. Os dois jogos da equipe pelo Brasileiro nesse intervalo serão disputados por um time formado por reservas, como o que venceu o Sport em Recife no domingo (23). 

 

 

noticiasaominuto


Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário