Governo Municipal está em ação para controlar fogo no lixão da cidade


(Foto: Assessoria de Comunicação)

O Governo Municipal, atento aos problemas da comunidade, desde sexta-feira, 19, ao tomar conhecimento de um fogo no lixão, na entrada do sítio Capão, zona rural de Várzea Alegre, vem tomando todas as providências, contando com apoio da população, para apagar o fogo.

Gilberto Sousa - Gerente de Núcleo de Resíduos Sólidos da Secretaria Municipal de Infraestrutura, informou que o incêndio pode ter sido provocado devido a alguns produtos que são descartados no lixo de forma incorreta e cuja composição química acabam provocando combustão. "É caso de produtos como pilhas, baterias de celular, tubos de spray de perfumes, inseticidas, bom ar, dentre outros. Todos esses produtos, com a pressão do lixo e do calor intenso, acabam por provocar reações químicas e fogo", disse. Gilberto Sousa descartou que o fogo do lixão tenha sido provocado por ação criminosa.

Ele observou que nem mesmo as chuvas recentes foram suficientes para apagar o fogo e informou que foram feitas tentativas com a utilização de um trator, mas devido ao terreno acidentado, não deu prosseguimento ao serviço. Também houve tentativa de debelar as chamas com uso de carro-pipa e agora uma equipe convocada pela secretaria tenta acabar com o incêndio.

Para Gilberto Sousa, esse tipo de incêndio no lixão, também serve de alerta para a comunidade proceder o descarte correto desses materiais com potencial inflamável, tais como pilhas, baterias, óleo, restos de tintas, frascos de sprays, entre outros.

O Secretário de Meio Ambiente, J. Marcílio, informou que desde o começo da gestão, o Governo Municipal, preocupado com as causas ambientais, realiza campanha para receber materiais como pilhas, baterias e óleo usado. Com a coleta, todo esse lixo terá o destino correto, com o devido processo de reciclagem, ou de dispensa do que é inservível.

Assessoria de Comunicação

Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário