Inter empata com o Fluminense e sofre primeiro rebaixamento de sua história


Sem forças, Colorado fica no 1 a 1 com os cariocas na tarde deste domingo, no Rio (Foto: Divulgação)


O Internacional vai conhecer a segunda divisão em 2017. Neste domingo (11), o time gaúcho empatou com o Fluminense, no estádio Giuliete Coutinho (RJ) e terminou o Brasileirão em 17º lugar. Antes do gol de Douglas, o Colorado já caminhava para a Série B por conta dos resultados paralelos. Nos minutos finais, Gustavo Ferrareis fez um gol que não mudou nada. O histórico rebaixamento cria heróis e vilões na história do clube gaúcho.

A 38ª rodada do Campeonato Brasileiro também não ajudou. Às 18h13 (Brasília), quando o cronômetro em Mesquita marcava nove minutos do segundo tempo, o Sport fez gol contra o Figueirense em Recife e transferiu a luta do Inter para o Vitória. O time baiano saiu na frente, levou a virada do Palmeiras, mas no saldo ainda ficaria a frente se o Colorado vencesse.

Só que nem vencer o Internacional conseguiu. Abalado pelos resultados paralelos, o clube gaúcho perdeu o rumo de vez. Até o chute de fora da área de Douglas, o time dirigido por Lisca tinha produzido muito pouco. Surpreendentemente acanhado para quem precisava de muita coisa.

O rebaixamento histórico cria heróis e vilões bem atuantes até o último minuto. Na lista dos vilões aparecem os dirigentes, em especial Vitorio Piffero e Fernando Carvalho. Entre os que se salvam estão três jogadores: Danilo Fernandes, William e Seijas.

 

uol

Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário