Bauza aceita convite para assumir a seleção argentina e deixa o São Paulo

Pela segunda vez em um ano, o São Paulo perde seu treinador para uma seleção. Depois de Juan Carlos Osorio deixar a equipe para aceitar um convite do México, agora foi a vez de Edgardo Bauza pedir demissão e assumir o comando da Argentina. Ele substituirá Tata Martino, que deixou o comando da equipe argentina após o vice-campeonato da Copa América.

Bauza, que tinha contrato com o Tricolor até 31 de dezembro, deixa o time após 48 partidas, com a seguinte campanha: 18 vitórias, 13 empates e 17 derrotas, aproveitamento de 46,52%. Seu melhor momento foi a campanha na Taça Libertadores, quando o time chegou à semifinal e foi eliminado pelo campeão Atlético Nacional com duas derrotas (0 x 2 e 1 x 2).

Se dentro de campo os resultados não foram muito animadores, fora das quatro linhas Patón foi o responsável pela maior mudança da equipe no ano: no comportamento. O São Paulo deixou de ser um time acomodado para se tornar uma equipe brigadora em campo, que não prima pela técnica, mas luta muito até o último minuto.

Na quinta-feira, contra o Atlético-MG, o auxiliar técnico Pintado que vai comandar o Tricolor. Posteriormente, a diretoria vai se reunir para definir alvos.

O argentino foi o quinto treinador que o São Paulo perdeu para uma seleção. Antes dele haviam saído: Jorge Gomes de Lima (português que dirigiu a seleção brasileira em dois amistosos em 1944), Vicente Feola (comandou o Brasil na Copa do Mundo de 1958), Aymoré Moreira (trabalhou à frente da seleção brasileira na Copa de 1962) e Juan Carlos Osorio, que se transferiu para a seleção mexicana no ano passado. O São Paulo Futebol Clube anuncia que Edgardo Bauza informou ter recebido e aceitado na noite desta segunda-feira (1º) o convite feito pela Associação de Futebol da Argentina (AFA) para assumir o comando da seleção nacional, e assim deixará o cargo técnico do Tricolor. Contratado no início da temporada, Patón se despede do clube após oito meses de um importante trabalho de reconstrução do time.

Assim como o colombiano Juan Carlos Osorio, hoje técnico do México, Bauza passou a ser cotado para assumir uma importante seleção nacional a partir do trabalho no São Paulo.

A diretoria agradece ao treinador e deseja sorte em seu novo desafio.

 

Fonte:globoesporte


Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário