Novo bispo pede pelos professores de Juazeiro na missa do Padre Cícero

O bispo coadjutor recém-chegado à Região do Cariri, Dom Gilberto Pastana de Oliveira, pediu pelos professores de Juazeiro do Norte. A fala ocorreu na tradicional missa do Padre Cícero, que na manhã desta quarta-feira (20) celebrou 82 anos de morte do sacerdote. A fala foi no primeiro pedido do Bispo coadjutor no momento do ofertório durante a missa.

Ainda durante a missa, o religioso conduziu o sermão falando sobre a importância que deve dar ao trabalho e ao trabalhador. Citando a importância que Jesus dava a mão de obra e o valor do empenho que produz e faz a vida em comunidade acontecer. 

Os profissionais da educação participaram da missa celebrada por Dom Gilberto. Eles exibiram cartazes e faixas pedindo a intervenção divina para que tenham seus direitos assegurados. O prefeito Raimundo Macedo (PMDB) que se mostra católico praticante estava na celebração, mas ao se deparar com o apelo dos servidores, fez questão de pagar o seu banquinho e sair de mansinho.

Os profissionais tentam sensibilizar o prefeito para ele reconsiderar ações que vem desenvolvendo conta a classe. A categoria não deve receber o reajuste referente aos meses de janeiro até julho. Também tiveram descontado dos salários o percentual referente há sete dias que eles permaneceram de greve após a justiça determinar a suspensão da paralisação.
 
Os professores reclamam que enquanto eles estão sendo penalizados por não cumprir uma determinação liminar do Tribunal de Justiçado Ceará, o município descumpre a lei do piso salarial e não há punições contra a gestão. O município alega não ter recurso para pagar o reajuste dos professores.

Miseria
Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário