Crato comemora 252 anos de fundação nesta terça-feira (21)

Nesta terça-feira (21), os Cratenses celebram os 252 anos da cidade de Crato. A criação da Vila Real do Crato se deu a 21 de junho de 1764, decreto assinado pelo Ouvidor Vitorino Pinto Soares Barbosa. Outro elemento marcante na história da fundação do município está ligado a presença da igreja católica, quando Frei Carlos catequizou os índios Kariris às margens do Rio Granjeiro.

Capital da Cultura, Princesa do Cariri e mais carinhosamente, Cratinho de Açúcar, títulos conferidos a cidade de Crato que fica à 507 km da capital do estado, vizinho a Juazeiro do Norte no Cariri Cearense. A cidade localiza-se ao sopé da Chapada do Araripe, rica em manifestações culturais, com população de aproximadamente 128.680 habitantes (Segundo o IBGE).

Dentro das comemorações do aniversário, aconteceu na tarde desta segunda-feira (20) apresentação da Orquestra de formação SESI UECE na Encosta do Seminário. A secretária de Cultura do município, Dane de Jade, explicou que as atividades foram pensadas dentro das possibilidades da gestão, com poucos recursos. A programação contará ainda com a inauguração de um Centro de Artes e Esportes, além de homenagens a personalidades que contribuíram e contribui com o crescimento do município. Sobre as comemorações a secretária afirmou que estas ações devem promover uma melhoria da autoestima do munícipe "Comemorar 252 anos do município do Crato, é mostrar as potencialidades deste município a partir da participação, a gente escolheu a dedo essas ações que são de fundamental importância para autoestima do povo Cratense", disse.

De acordo com a secretária, o município foi presenteado com a apresentação da Orquestra SESI/UECE que firmará parceria com a municipalidade por meio da FIEC (Federação das Indústrias do Estado do Ceará).  A Orquestra de Formação SESI/UECE passa a colaborar com a Escola de Música Maestro Azul.

Carregando consigo o nome da cidade, o artista João do Crato ressalta a importância das manifestações culturais do povo Cratense para a história da cidade, João afirma que sem a cultura o Crato não existiria, ele lembra os grandes acontecimentos que ocorreram na vida do município e chama atenção para participação de todos "È muito bom está no Crato celebrando os 252 anos, mas acreditando que nós somos os atores da cultura desta cidade, independentemente de qualquer coisa", concluiu.

Homenagens

Personalidades importantes na história da cidade serão homenageados nesta terça-feira (21) Nomes como o Maestro Bonifácio Salvador (Banda de Música do Crato) a maestrina Divane Cabral e Padre Ágio criador da Solibel (Sociedade Lírica do Belmonte), primeira escola de musical rural do Brasil. No cenário político a heroína Bárbara de Alencar, protagonista da Revolução Pernambucana de 1817 no Crato (movimento que lutava pela independência das províncias do nordeste do sistema monárquico) será condecorada com um monumento em sua lembrança; o busto será fixado em frente à casa onde ela morou, nas proximidades da igreja da Sé Catedral.

Programação de Aniversário

14h- Atualizar as questões do CEU e composição do grupo gestor (Sociedade Civil)
Local: CEU/ Mirandão

17h- Homenagem a Bárbara de Alencar – Inauguração de monumento em alusão a Bárbara de Alencar
Local: Casa onde morou Bárbara de Alencar— atual sede da SEFAZ/ Praça da Sé

19h- Orquestra na Praça da Sé - Orquestra Sinfônica SESI UECE
Local: Patamar da Igreja da Sé

Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário