Brasil é o país que mais sofre fraudes bancárias virtuais, diz pesquisa

De acordo com um levantamento feito pela empresa de segurança digital ESET, o Brasil é o maior alvo da propagação de arquivos nocivos, como malwares e trojans, voltados para o roubo de dados bancários. Segundo a empresa, arquivos desse tipo se disfarçam de outras ferramentas, mas instalam - sem o conhecimento do usuário - programas capazes de realizar esse tipo de fraude.

Nas palavras da empresa, a propagação desses arquivos acontece principalmente "por meio de engenharia social, a qual tem como objetivo enganar a vítima para que ela permita a instalação do malware em seu computador".

A empresa ainda informa que a maneira mais comum de distribuição desses códigos são campanhas de phishing. Essas campanhas enviam e-mails com links ou anexos maliciosos para milhares de usuários, tentando induzí-los a cliar neles.

Segundo o gerente da ESET Brasil, Camillo Di Jorge, "essa ameaça reforça uma questão importante que é a educação dos usuários na internet. As pessoas precisam estar cientes desse tipo de ataque e tomar cuidado ao abrir e-mails de remetentes desconhecidos".

Para se prevenir contra infecções desse tipo, a empresa recomenda que usuários leiam sempre com atenção antes de clicar em e-mails recebidos - especialmente caso eles tratem de eventos públicos ou exijam ações imediatas, como pagamento de contas ou multas. Além disso, a ESET também recomenda o uso de aplicativos de segurança e firewall.

Fonte: Olhar Digital


Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário