Após briga com Ivete, irmão vende cosméticos e diz não sentir falta dela

Irmão e ex-empresário de Ivete Sangalo, Jesus Dias de Sangalo falou sobre a briga com a cantora baiana. Há cinco anos, ele foi demitido da empresa Caco de Telha, que administrava a carreira de Ivete e trouxe ao Brasil artistas como Beyoncé, porém passou por uma grave crise financeira.

"Se qualquer pessoa entrar na web, vai encontrar que eu dei um desfalque de alguns milhões reais na empresa que eu era o presidente. E eu não dei", defende-se em entrevista ao "Câmera Record" da próxima quinta-feira (30). "Isso me prejudicou absurdamente. Não só profissionalmente, como psicologicamente. Foi terrível para mim. Terrível!", completa.

Jesus reclama ainda que Ivete não o defendeu das acusações: "Existe um poder no microfone que é muito legal para sanar e acabar com dúvidas. Talvez este poder não tenha sido usado".

Há anos sem nenhum contato com Ivete, ele conta que hoje trabalha fazendo palestras nas quais vende cosméticos. "Eu não estava me afastando de qualquer um. Eu estava me afastando da maior estrela do país, que ajudei a chegar onde estava", lamenta. Questionado se sente falta da irmã, ele responde categoricamente: "Não".

Em janeiro, o produtor e empresário foi expulso de um voo após envolver-se em uma briga com um passageiro no aeroporto de Salvador.

Fonte: UOL
Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário