Aliados alertam Cunha que irão aprovar cassação

O processo de cassação do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) está prestar a ser decicido e, segundo o colunista Josias de Souza, do UOL, os próprios aliados de Cunha estão informando que irão aprovar a cassação do parlamentar.

O colunista destaca que o deputado Laerte Bessa (PR-DF), um dos defensores de Eduardo Cunha deu um aviso ao aliado: "Eu já falei para ele que não terá chance no plenário. Fiz uma pesquisa informal entre os seus aliados e ele não terá os votos necessários para impedir a cassação. Muitos são candidatos a prefeito, muitos tem problemas nos seus redutos eleitorais. Ele não terá saída", disse Bessa.

Além disso, Bessa teria dito em entrevista a TV Globo, que visitou Cunha na semana passada. Segundo ele, estava acompanhado do colega Carlos Marun (PMDB-MS), também aliado de Cunha. Os dois sugeriram que Cunha renunciasse à presidência da Câmara.

"Eu e o Marun estivemos com ele na última quinta-feira e pedimos que ele renuncie. A decisão do Conselho de Ética é soberana, irreversível. Não tem mais como ir contra no plenário. O Cunha já admite a hipótese de renunciar, mas acha que ainda não está na hora."

A publicação recorda que Cunha anunciou para esta terça-feira (21) uma entrevista coletiva. O presidente afastado nega a hipótese de renúncia mas Bessa ainda não descartou a possibilidade. "Ele nos disse que estava aguardando o momento certo. Achava que ainda não era a hora. Mas acho que chegou a hora. Ele perdeu. Paciência. Agora, tem que enfrentar. Acho muito difícil que ele não anuncie a renúncia amanhã (terça-feira)."

Segundo Josias, Bessa afirmou que os aliados protegeram Cunha enquanto foi possível. "Nós o defendemos no Conselho de Ética até o final da denúncia de que havia mentido sobre as contas no exterior. Só que as acusações aumentaram muito e sua situação ficou irreversível. Por isso estamos pedindo que ele renuncie à presidência, é o melhor para o país. Nesse impasse as coisas na Câmara estão andando a passo de tartaruga. Ele tem que renunciar em favor do Brasil."

Notícias ao Minuto


Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário