Homem é preso após criar 300 contas no Twitter para assédio sexual violento

Um homem de 27 anos foi preso na última segunda-feira (7/12), em Porto Rico, após ter criado 300 contas no Twitter a fim de assediar de forma violenta usuários da rede social.

Esta foi a primeira prisão do tipo em território americano, de acordo com a agência AP.

Durante dois anos, Omar Falcon Torres operou no Twitter sob o pseudônimo de "MedeaBot". Assim que uma conta sua era fechada por denúncia de usuários, ele abria outra.

A polícia acredita que Omar, foragido desde setembro, tenha perseguido dezenas de pessoas, a quem costumava intimidar e enviar imagens de violento cunho sexual, mas apenas oito apresentaram queixa formal.

Autoridades do Departamento de Justiça dos EUA não revelaram os motivos de Omar e se alguma das vítimas o conhecia.

Fonte: Page not found
Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário