Com a presença do prefeito Adailton Macedo, Câmara realiza última sessão ordinária de 2015

Com a presença do prefeito Adailton Macedo e com o plenário do Poder Legislativo praticamente lotado, a Câmara de Vereadores de Aurora realizou neste sábado, 5, a última sessão ordinária do exercício 2015. A pauta da movimentada reunião contou com vários requerimentos e projetos legislativos, além de 03 projetos de leis oriundos do poder executivo municipal. Dentre eles, o Projeto de Lei 033/2015, que autoriza o poder executivo a firmar convênio com o Hospital e Maternidade São Vicente de Paula, para execução de serviços médicos e hospitalares, e o Projeto de Lei 034/2015, que autoriza o poder executivo a efetuar doação de terrenos e unidades habitacionais à famílias de baixa renda para construção de casa própria. Por sua vez o Projeto de Lei 035/2015, que cria e regulamenta o cargo de condutor de ambulância da Secretaria Municipal de Saúde, também foi apreciado.

Na oportunidade, as comissões permanentes daquela  casa legislativa, deu parecer favorável somente aos projetos de leis 033/2015 e o 035/2015. E quanto ao projeto de lei 034/2015, a comissão de Orçamento e Finanças, que tem como presidente o vereador João Aécio da Silva (PSB), pediu maiores detalhes acerca do assunto. A comissão tem como membros os vereadores Osasco Gonçalves (PSL) e Antonio Wilton dos Santos (Brasa - PMDB). A decisão desta comissão não agradou o prefeito Adailton Macedo, que disse que a função dos vereadores é fiscalizar se houve irregularidades no projeto, depois que as famílias que serão contempladas com os terrenos ou com as unidades habitacionais, são ou não famílias carentes, que se enquadram no programa Minha Casa, Minha Vida.

Adailton falou ainda que a Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social, que tem a frente Bernadete Gonçalves Leite, possui o cadastro de todas as famílias com o perfil do referido projeto, e que jamais beneficiaria uma família que tivesse casa própria, portanto, não entende o posicionamento dessa comissão. Ainda acerca do assunto, o presidente da casa, vereador Chico Henrique, disse que fará cumprir o que estabelece o regimento interno e a lei orgânica do município, quanto ao prazo que a referida comissão tem para dá o seu parecer concernente ao mencionado projeto de lei. O prefeito também se reportou a vários outros assuntos de interesse da coletividade aurorense, inclusive respondendo as criticas que lhe foram atribuídas em virtude da perfuração de alguns poços profundos, que conforme esclareceu o gestor municipal,  os mesmos foram perfurados de forma particular. Portanto, sem o uso do dinheiro público, para que não fique nenhuma dúvida concernente a perfuração desses poços profundos.

O chefe do executivo aurorense disse que os poços profundos que serão custeados com recursos do erário público municipal, passarão pelo processo de licitação e que jamais cometeria tamanha irresponsabilidade de usar o dinheiro público em favor de familiares ou amigos, mas sim em benefício das famílias mais necessitadas do seu município.

A sessão contou ainda com a presença da presidente da FETAMCE, Onedina Soares, que discorreu a respeito do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos Servidores Públicos Municipais de Aurora. Documento que o prefeito Adailton Macedo pretende sacramentar até o mês de março vindouro.  

Assessoria de Comunicação
Prefeitura Municipal de Aurora
Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário