Ciro Gomes e governador do Maranhão lançam movimento contra impeachment

Ciro Gomes se reuniu com o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), para lançar o movimento Golpe Nunca Mais, em São Luís (MA) e nas redes sociais. Junto ao governador, lideranças do PDT deram início a ação contra o impeachment de Dilma Rousseff.
 
A página do movimento foi lançada no Facebook para divulgar a ação, inspirada na Rede da Legalidade, movimento comandado por Leonel Brizola (1922-2004). O movimento garantiu a posse de João Goulart na presidência, em 1961.
 
O governador do Maranhão afirmou que a mobilização, feita por meio da internet é um dever "como militantes políticos", segundo informou a Folha. Ele afirmou ainda que, junto a Ciro, está pronto a se juntar "a mobilizações sociais contra essa tentativa de fraudar a vontade popular".
 
Em entrevista com o governador, Ciro Gomes afirmou que Michel Temer é "sócio íntimo" do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). "Não por acaso o beneficiário dessa ruptura da democracia e dessa imensa e potencial crise para (durar) 20 anos é ninguém menos do que o senhor Michel Temer, capitão do golpe", afirmou.
 
Ciro se filiou ao PDT em setembro deste ano, após deixar o Pros. Ele fez críticas ao governo de Dilma e justificou manifestações da população contra a situação econômica do Brasil. Ciro disse ainda que o impeachment pode deixar o país em uma crise parecida com a que passa a Venezuela.
Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário