Café-da-manhã: conheça os segredos para perder peso

Não é a toa que os portugueses chamam o café-da-manhã de pequeno almoço. É importante atentar para esta refeição e jamais começar o dia sem tê-la feito. É fundamental que a alimentação seja balanceada e nutritiva e, para quem está de dieta, nunca se deve "pular" a hora de comer. 

“Quando se está de dieta, é muito comum vermos duas situações exageradas e opostas no café da manhã: ou não se come nada, achando que diminuir uma refeição vai ajudar na perda de peso, ou se come muito, na intenção de que essa refeição “dure” ao longo do dia e impeça que a pessoa coma bastante nas demais”, explica Mariana Frank, nutricionista funcional e consultora da farmácia megastore digital Netfarma.

Pular o café da manhã? Jamais!

Não caia na ideia de que não comer pela manhã vai ajudar na sua dieta. Aliás, é justamente o contrário. Quando você começa o dia em jejum, o que o seu organismo entende? Que você está passando por uma privação alimentar e que no futuro precisará de energia. Então, o que ele faz? Estoca gordura. O gasto calórico cai e fica mais difícil eliminá-la. Já o hábito de comer pela manhã acelera o metabolismo, ou seja, o organismo passa a queimar mais calorias. Isso se aplica a todas as refeições, não apenas ao café da manhã, ou seja, nunca é recomendado “pular” refeições.  Da mesma forma, exagerar no café da manhã e ingerir alimentos calóricos demais é tão prejudicial quanto não comer nada. 

O café da manhã ideal

Agora que você entendeu certinho a razão máxima pela qual não se deve pular o café da manhã, vem a parte mais difícil: qual tipo de alimentação matinal me dará mais nutrientes, já que estou de dieta?

A resposta tem diversas variáveis. Tudo depende da dieta, do objetivo e da  rotina diária. “Por exemplo, quem faz exercícios físicos logo cedo precisa tomar um desjejum mais reforçado. Quem tem uma rotina apertada de manhã e sempre toma o café da manhã a caminho do trabalho tem que ter uma refeição que seja saudável e prática”, explica Mariana. 

O ideal mesmo é marcar uma consulta com um nutricionista para que o profissional possa avaliar, por completo, hábitos alimentares, rotina e, assim, elaborar um cardápio balanceado, rico em nutrientes e personalizado, para que você consiga segui-lo. Afinal, seguir é a parte mais importante!

Mas se você é daqueles que comem muito ou não comem nada pela manhã, fique ligado nesses cardápios elaborados pela nutricionista da Netfarma e veja qual delas se encaixa na sua rotina:

Para quem acorda cedo, mas tem tempo de preparar algo antes do trabalho

Suco verde, tapioca com ovo mexido ou Bowl de frutas com aveia/granola + semente de chia + cacau nibs + ovo mexido

Para quem acorda cedo e precisa comer algo no caminho do trabalho

Smoothie ou Shake proteico 

Para quem acorda no meio da manhã, poucas horas antes do almoço

Tomar café da manhã normalmente (assim como na primeira opção)

Para quem acorda e faz exercícios físicos pela manhã

Se conseguir comer 1h antes, pode fazer um café da manhã mais reforçado (tapioca com ovo mexido e suco verde, ou bowl de frutas com aveia/granola + semente de chia + cacau nibs + ovo mexido). Caso a pessoa consiga comer 30 min antes, é mais indicado o shake proteico (uma preparação de rápida absorção, que também fornece o carboidrato rápido que a pessoa precisa; dessa forma, ela não correrá o risco de passar mal durante o treino) 

Para quem acorda sem apetite:

Fruta com semente de chia + castanhas, amêndoas (oleaginosas em geral) ou "Mix de frutas secas + oleaginosas + semente de abóbora.

Fonte: Diário do Nordeste
Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário