Atirador da Califórnia recebeu um depósito de R$ 104 mil antes do ataque terrorista

Syed Farook recebeu um depósito de 28 mil dólares, cerca de R$ 104 mil, em sua conta bancária duas semanas antes de ele e a esposa, Tashfeen Malik, desencadearem um ataque terrorista em San Bernardino, na Califórnia, nos Estados Unidos, deixando 14 pessoas mortas. As informações foram obtidas com exclusividade pela rede de TV “Fox News”.

Segundo a reportagem, o dinheiro foi dividido - 10 mil dólares foram retirados em dinheiro e 15 mil dólares, transferidos para uma conta associada à mãe do terrorista, Rafia Farook. Os investigadores federais verificam se a mãe de Farook ajudou no ataque, segundo informou a procuradora-geral dos EUA, Loretta Lynch, no último domingo.

O depósito foi transferido através WebBank.com, mas os diretores se recusaram a falar com a “Fox News“ sobre a investigação pendente. O FBI já afirmou que o casal havia se radicalizado por “algum tempo”, e o Estado Islâmico confirmou que eles são seguidores do grupo.

Evidências contra Farook e Malik sugerem que o casal estava se preparando para um grande ataque com mais de duas bombas. Os investigadores estão rastreando onde a retirada do dinheiro foi feita, e se Farook usou o valor para pagar Enrique Marquez, vizinho do casal, pelos dois fuzis usados ​​no ataque, segundo a “Fox”. Marquez comprou as armas em 2011 e 2012 de forma legal.

Fonte: EXTRA
Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário