Alunos do Liceu de Juazeiro do Norte protestam contra cortes de professores

Alunos do Liceu Anderson Borges de Carvalho decidiram não assistir aula nesta segunda-feira (14). “Não aceito redução na minha educação”, era um dos cartazes de protesto usados por cerca de 100 estudantes, em frente ao centro de ensino, localizado na Avenida Plácido Aderaldo Castelo, em Juazeiro do Norte.

A pauta principal do protesto dos discentes são os cortes de professores na rede de ensino. “Nós queremos uma resposta sobre o que vem acontecendo. Estão cortando professores, o que vai diminuir nosso índice educacional. Acredito que não seja uma boa troca o dinheiro pela educação”, reclamou um estudante.

Segundo alguns alunos, quatro professores serão demitidos da escola nas áreas de sociologia, filosofia, inglês e espanhol. “São professores que nos fazem pensar sobre nossos direitos e nos permitem ter uma melhor comunicação com os outros. Que critérios avaliativos são usados para tirar esses professores?”, questionou uma aluna, que disse não haver uma comunicação com a diretoria.

A diretora do Liceu Anderson Borges de Carvalho, Nágela Magalhães, preferiu não gravar entrevista. Ela disse que compreende a manifestação dos alunos, desde que não comprometa o andamento das atividades escolares.

Devido os cortes nacionais na educação, Nágela, sem citar nomes, disse que recebeu determinações “lá de cima” para justificar o procedimento de cortes. “O Brasil está atravessando uma terrível recessão. Cortes não só aqui, mas a nível de municípios, Estado e país”, explicou.

Fonte: Miseria.com.br
Share on Google Plus

About Fagner Soares

0 comentários:

Postar um comentário